BAIXAR LIVRO INTELIGENCIA MULTIFOCAL PARA


    Índice:

Anos uma teoria original sobre o funcionamento da mente humana. Em Inteligência Multifocal ele esclarece assuntos e revela fatos que desafia nossa noção. 31/07/ Download Inteligencia Multifocal - Augusto Cury em ePUB mobi e PDF. Top Livros, Indicação De Livros, Livros Em Pdf, Livro Mágico, Livro Sobre . (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil). Cury, Augusto Jorge, Inteligência multifocal: análise da construção dos pensamentos e da formação de.

Nome: livro inteligencia multifocal para
Formato:ZIP-Arquivar (Livro)
Sistemas operacionais: iOS. Windows XP/7/10. MacOS. Android.
Licença:Apenas para uso pessoal (compre mais tarde!)
Tamanho do arquivo:26.57 MB

PARA BAIXAR LIVRO INTELIGENCIA MULTIFOCAL

Do mesmo modo pessoas que tem medo asfixiante de situações novas, desafios futuros, provas escolares, elevadores, voar, dirigir, andar por lugares movimentados, contaminar-se com cédulas de dinheiro, também tem transtornos fóbicos. Histórias engraçadas, sérias, leves. Procurar excelência afetiva, intelectual, social, profissional deveria ser a meta de todo ser humano. E o sono é o motor da vida. However, reading manuals could be the only method of maximizing the functions of electronics. Quem se coloca acima dos outros é emocionalmente infantil, vítima dos holofotes da mídia. Um membro de honra entre os gênios? The story begins with an accomplished university professor who threatens to leap off a building and end his life. E o que estamos formando? Read it, will you?

31/07/ Download Inteligencia Multifocal - Augusto Cury em ePUB mobi e PDF. Top Livros, Indicação De Livros, Livros Em Pdf, Livro Mágico, Livro Sobre . (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil). Cury, Augusto Jorge, Inteligência multifocal: análise da construção dos pensamentos e da formação de. Entenda o funcionamento da sua mente nos momentos de tristeza e frustração com este livro de Augusto Cury. Veja grátis o arquivo Livro - Inteligência gilles-gauthier.info enviado para a disciplina de Psicologia Categoria: Resumo - Augusto Cury menciona em seu livro alguns conceitos. Um deles, diz respeito à. INTELIGÊNCIA MULTIFOCAL INTELIGÊNCIA. MULTIFOCAL- Uma teoria.

Compre um livro e ajude o Orelha de Livro a continuar existindo. Como assim? O que você tem achado do Orelha de livro? Ok, você deve estar se perguntando, como posso ajudar? Oras, é bem simples. Assim, sempre que encontrar um livro do seu gosto, por um preço bom, basta clicar e realizar a sua compra no site da loja.

INTELIGÊNCIA MULTIFOCAL - Como ser líder de si mesmo?

Orelha de Livro login. Crasso engano. Todo paciente tem o direito de questionar seus terapeutas, suas interpretações a teoria que abraça e o diagnóstico que recebe. Os pacientes que fazem questionamentos deveriam ser dignos de elogios.

Augusto Cury em Inteligência Multifocal. O código do carisma é o código da capacidade de encantar, envolver, surpreender, admirar os outros e a si mesmo. É o código da efetividade, da amabilidade, afabilidade, do romantismo existencial. Dificilmente desenvolvemos tranquilidade, paz interior, serenidade, felicidade sem decifrar minimamente alguns dos enigmas desses dois códigos. O que é o teatro do tempo? Deslumbra com os mistérios da existência. Quem se coloca acima dos outros é emocionalmente infantil, vítima dos holofotes da mídia.

Augusto Cury em 12 Semanas Para Mudar Uma Vida Minhas duas filhas menores pareciam gato e rato até aos doze anos, a diferença entre as duas é de menos de um ano, raramente vi duas crianças brigarem tanto e com tanta frequência.

Sabia que era insuficiente ser um manual de regras e de éticas muito menos um educador que colocava limites.

Encorajei-as a baixar pequenos presentes lembranças uma para outra. Para alicerçar o eu como gestor da psique de maneira singela levei-as para aprender a se colocar no lugar uma da outra, a pensar antes de reagir e a ter coragem de reconhecer suas falhas e a reciclar a necessidade de estarem sempre certas.

Minhas filhas têm me surpreendido com sua amabilidade e generosidade, os atritos que eram de hora em hora passaram a ser de semana em semana e depois de mês em mês, hoje raramente se atritam e quando fazem logo se reconciliam, elas se elogiam, se procuram, se amam. Mas uma coisa me deixou particularmente feliz.

Augusto Cury em O Mestre da Vida Carisma é fundamental tanto para existirmos quanto para relacionarmos. Existem dois tipos de carisma, o social e o psíquico. O carisma social é encantar as pessoas, surpreendê-las, envolve- las. O carisma psíquico é ter um romance com a própria vida, curti-la, desfruta-la prazerosamente. O Código do Carisma pode ser conquistado e perdido ao longo do traçado da existência. Sim, seus pais têm o dever de dar suporte para que eles sobrevivam, mas eles têm o direito de agradecer o que recebe.

O homem do entendimento é formado em primeiro lugar pela personalidade do mestre em segundo lugar pelo conhecimento que transmite.

No belo aeroporto de Frankfurt pode se ouvir frequentemente a advertência para proteger bagagens e bolsas, vivemos em um mundo inseguro que precisa de um choque dos Códigos da Inteligência. Deixe me dar um exemplo de um rei que se desmoronou porque colocou a venda seu maior tesouro. Tudo é vaidade nada de novo ocorre debaixo do sol. Para ele o ser humano estava condenado à masmorra da mesmice.

Era ainda um homem inteligente, mas se chafurdou na lama do tédio, tornou-se um ser humano mórbido, uma celebridade emocionalmente doente. Que nos anima a andar por trajetórias nunca antes traçadas, por aventuras nunca antes programadas.

Esses códigos financiam os inçais, sacadas as descobertas imediatas os estaleiros intelectuais. Arrisco-me a dizer que um dos grandes motivos da sua escolha foi porque decifraram os códigos do altruísmo da resiliência do carisma e do eu como gestor psíquico desde sua meninice. Somos treinados para dar respostas fechadas começando pelas provas escolares.

Como relatei no livro nunca desista de seus sonhos, quando estava no Ensino Médio minha nota era a segunda da classe, só que debaixo para cima, ninguém apostava em mim, ninguém acreditava em mim e ninguém achava que eu faria uma Universidade ou se fizesse me tornaria grande coisa.

Eu dava motivos de sobra para pensarem assim. Comecei a estudar a mais de doze horas por dia para entrar na faculdade de medicina o que ninguém acreditava aconteceu, entrei na faculdade. Pensava, escrevia, refletia acumulava cadernos e mais cadernos em uma era que havia poucos computadores.

Por fim ela se casou com esse excêntrico estudante de medicina. Mas aprendi que os perdedores vêm os raios e os vencedores vêm no mesmo ambiente a chuva e com ela a oportunidade de lançar suas sementes. Nunca mais entramos naquele lugar, pois tínhamos mudado de cidade. Entre algumas homenagens que me deram recebi o título de membro de honra de uma academia de gênios de um instituto europeu.

Eu um Gênio? Um membro de honra entre os gênios? Brincadeira a parte comentarei posteriormente que cada ser humano tem uma genialidade que ultrapassa os limites do código genético que pode ser trabalhada, lapidada, esculpida pelos códigos da inteligência. Nunca devemos decepcionar um aluno por mais que nos decepcione. Nunca devemos excluir ou rotular um estudante por pior desempenho que tenha nas provas escolares. Essas teorias usaram o pensamento para discorrer sobre a personalidade, as doenças psíquicas o aprendizado.

Os grandes pensadores pouco usaram o pensamento para pensar o pensamento. Através das janelas nós nos interpretamos os estímulos, vemos a vida e reagimos aos eventos. O uso excessivo do pensamento dialético travou a Inteligência humana, só alguns vencem esse bloqueio e vivem como pensadores. O pensamento dialético é aquele pensamento que se processa em nossa mente através de uma vós inaudível, silenciosa, definida.

Esse pensamento é frequentemente unifocal, enfoca apenas um ângulo, por isso também o chamo de pensamento uniangular. Portanto os pensamentos dialéticos representam um sistema de código linguístico mental aprendido a partir do sistema de código linguístico sonoro ou visual. Usamos o pensamento anti-dalético para decifrar sentimentos, aspirações, sensações, experiências complexas, para imaginar, fantasiar, produzir imagens mentais. Sabemos que uma imagem vale por mil palavras, figuramente falando podemos dizer que a imagem do quadro com toda sua estética é o pensamento antidialético ou multiangular.

Basta colocar o olho que teremos milhões de detalhes sem precisar escrevê-los. Todavia em vez de usarmos o pensamento multiangular como ferramenta fundamental para desenvolver os amplos aspectos do raciocínio por ser mais abrangente e imaginativo usamos o pensamento uniangular que é fechado estritamente lógico.

Baixar Livro O Código da Inteligência – Augusto Cury em PDF, ePub, mobi ou Ler Online | Le Livros

Os pais, professores, profissionais liberais, executivos, diplomatas usam frequentemente o pior tipo de pensamento para compreender, intervir, raciocinar. Outro expressou o pensamento: de vez em quando é bom ajudar as pessoas.

Quem produziu o pensamento multiangular? Se julgarmos podemos errar muito, como erram os que se encantam com as palavras de políticos, celebridades e líderes espirituais exploradores. Em nosso exemplo parece que foi o primeiro que produziu o pensamento mais profundo, multiangular, antidialético, mas na verdade foi o segundo. O primeiro produziu uma frase linda, mas seu pensamento é unifocal. Observando seu histórico descobrimos uma pessoa agressiva, egoísta, egocêntrica e violenta capaz de matar alguém se contrariado.

As palavras e os discursos sempre nos traem, em especial quando desconhecemos o teatro psíquico. O multiangular. Qual o principal pensamento usado pelos pensadores para produzir grandes ideias? Qual o tipo de pensamento decifra com muito mais eficiência o código do eu como gestor psíquico, do altruísmo, da resiliência da capacidade de se colocar no lugar dos outros?

Novamente o pensamento multiangular. Para essas funções precisamos do pensamento multiangular. Atitude ingênua. Muito menos determinam os mais altos níveis de raciocínios como estudaremos. Todos os pensadores usaram sem ter plena consciência o pensamento mais amplo e profundo da mente humana.

Claro que o Homo Sapiens usa os dois tipos de pensamentos conscientes, mas tente a usar muito mais o pensamento dialético. Foi o primeiro homem sem fronteiras, mas os homens querem aprisionar em seus mundos e dogmas e fazê-lo sua propriedade. Esse raciocínio é o que mais se aproxima das linguagens dos computadores.

Julgar comportamentos é um raciocínio lógico linear, analisar as causas é um raciocínio histórico psíquico. Quem se suicida tem um raciocínio lógico linear, pelo menos no período de crise. Papai sabe quando você me ensinou a treinar o pensamento multiangular? Pensei e respondi: desde quando você era criança, perguntava para você quando via uma pessoa na rua, um mendigo, um idoso ou uma pessoa qualquer.

Quem é tal pessoa? Minha filha completou. Após me dizer isso ela se entristeceu ao lembrar que alguns professores de psicologia discorrem sobre as doenças psíquicas sem exaltar o doente, sem valorizar sua complexidade e criatividade. Esse pensamento choca a psicologia a sociologia e a filosofia.

Provavelmente ao abrir as janelas da sua mente usou o pensamento multiangular para fazer uma varredura instantânea da sua infância, adolescência e vida adulta. Analisou a fragilidade humana seus conflitos e contradições. Talvez a resposta seja chocante, mas é positiva. Sim, tinha. Em sua biografia existem reações que nos deixam perplexos. Eles podem falar coisas mais belas do que uma pessoa que tem raciocínio multiangular a grande diferença é que podem matar e ferir com grande facilidade e sem peso na consciência.

Como pouco usam esse pensamento pouco se colocam no lugar dos outros e pouco se importam com as consequências dos seus comportamentos. E os outros raciocínios? E os Códigos da Inteligência? Ledo engano. Basta ter as condições sociais estressantes para os monstros alojados no inconsciente despertarem. Por que é raro produzir pensadores, engenheiros de ideias, construtores de novos conhecimentos?

Erramos o alvo. Deveriam aprender a pensar menos com símbolos linguísticos e mais com imagem mental. Deveriam aquietar a voz inaudível do pensamento e libertar a da perceptividade. Alguns se punem por achar que tem péssima memória, julgam-se incapazes, burros, mentalmente deficientes. O motivo? Todos sabemos que é na infância.

MULTIFOCAL BAIXAR PARA INTELIGENCIA LIVRO

Como bloquearam? Criar oportunidades é depender de si, esperar que apareça é depender dos outros. Criar oportunidades é irrigar a terra, esperar que apareça é aguardar a chuvas. Você cria oportunidade para trabalhar ou espera que lhe ofereça espaço?

Pais Inteligentes Formam Sucessores - Augusto Cury

Você cria oportunidade para ter um desempenho profissional maior ou espera que a economia as condições sociais ou o país melhore. É preciso libertar nossa criatividade para encontrar uma criança dentro de um general, um ser humano dentro de um deus. Vamos recordar a estrutura e os papéis do eu. O eu representa nossa autoconsciência, a consciência sobre quem somos, o que somos e onde estamos e o que queremos. Representa nossa capacidade de escolher, decidir, traçar caminhos, estabelecer metas.

É importante decifrar a gênese dos traumas, o alicerce histórico dos conflitos, mas é igualmente importante o eu ser treinado para atuar como diretor do roteiro emocional. Emoções que poderiam ser administradas com gestões simples do eu as vezes demoram meses para serem resolvidas.

Valorizar e desfrutar da trajetória tanto como da meta como do ponto de chegada. Nesse caso o eu individual sacrifica-se, reduz sua vida a vida dos outros, deixa se levar às opiniões alheias, aliena-se totalmente de sua principal tarefa, que é tornar-se ele mesmo.

Temos consciência de que ninguém pode pegar nosso carro e dirigir sem nos pedir licença. É preciso conviver com as pessoas, ser altruísta, mas sem esperar excessivamente o retorno delas. Além disso para dar esse choque gerencial o eu também deve fazer a técnica da mesa redonda do eu, como preconizei no primeiro código da inteligência.

Como surgiu? Quando surgiu? Por que surgiu? Até quando estou sendo afetado por elas e contagiando os outros? Por que sou servo dela? E como faço para ser livre? Para Matthew Lipman é o processo de descobrir e fazer associações e disjunções. Somos ingênuos, quando deveríamos se dotados de expertise. Disse que sua ansiedade poderia truncar suas mais importantes conquistas.

Entendeu que aquilo que aparecia impossível poderia ser alcançado pouco a pouco. Sim, e realmente pode, basta construir ao longo dos meses uma nova plataforma de janelas lights na grande cidade do inconsciente. Os jovens retornavam ao redor de quatorze anos o que contraiam a afetividade nas relações entre pais e filhos. A primeira coisa que meu editor me pediu quando me alugou um carro foi fazer urgentemente um seguro. Quanto tempo se passou? Milésimos de segundos.

Nenhum ser humano consegue evitar esse processo inicial, por mais que tenha desenvolvido o pensamento multiangular e decifrado os códigos da inteligência. Porque retroalimenta, bem como cadeias de pensamentos destrutivos ou autodestrutivos.

Enfim, seus desdobramentos no teatro psíquico diante de um eu passivo. Para perdoa-lo é preciso despir-se de heroísmos, compreende-lo, deixar de gravitar em torno da orbita insana.

Quem odeia seu inimigo é inimigo de si mesmo. Mas alguém poderia dizer, esse processo de desarme é muito complicado. Porque o terror vem de dentro, foi produzido pelo gatilho, abrindo algumas janelas da memória em milésimos de segundos. Aqui entra a mesa redonda do eu e as demais ferramentas descritas. Exigir de um filho ou aluno que reconheça seus erros e sejam sóbrios no exato momento em que erram é uma afronta.

INTELIGENCIA MULTIFOCAL LIVRO PARA BAIXAR

Exigir que nosso cônjuge, parceiro ou namorada seja coerente em uma crise de ansiedade é um desrespeito. No primeiro momento espere que a temperatura emocional de quem falhou abaixe, dê um momento para ele respirar, refletir. Muitas vezes nossas interações sociais se caracterizam pelo cinismo e frequentemente tornam-se conflituosas e desgastantes. Especialmente a de bem materiais gerando um alto grau de competitividade desenfreado e desleal.

Muitos se deprimiriam, desistiriam. Seu segredo? Constrói um romantismo com a existência. Treinar ser pausado, dosado, caminhar passo a passo, fazer uma coisa de cada vez. O sofrimento só nos enriquece quando intuitiva ou racionalmente o trabalhamos. Destrói a busca pela excelência em seus amplos aspectos. Em ambientes socialmente estranhos eram angelicais, mas ao abrirem a porta de casa abriam simultaneamente as janelas doentias da sua memória libertando os fantasmas da impaciência da intolerância e da irritabilidade.

As vezes damos o pior de nós, inclusive para nós mesmos. Tinha casa na praia, mas raramente ia descansar. Felizmente teve uma segunda chance, a chance de fazer uma segunda jornada. Muitos trabalham e trabalham sem parar. Vive em uma eterna fadiga em uma existência brevíssima. Se vivêssemos mil anos valeria a pena gastar cem anos trabalhando como louco, mas se vivermos oitenta anos em média, é loucura trabalhar sem parar.

Planejar o prazer, os sonhos, os projetos é fundamental, mas desprezamos a busca pela excelência da qualidade de vida. Procurar excelência afetiva, intelectual, social, profissional deveria ser a meta de todo ser humano.

MULTIFOCAL PARA LIVRO INTELIGENCIA BAIXAR

Procurar a excelência é treinar nosso intelecto para trazer a tona o ouro que se esconde no terreno acidentado das nossas dificuldades e limitações.

Hoje basta alguns anos ou meses para ir a bancarrota. Mas o que é ser um excelente profissional? Essa é uma grande tese. Quais as diferenças entre um bom profissional e um excelente? Essa é outra grande tese. Um excelente profissional faz coisas que superam suas obrigações. Um excelente profissional tem ginga, é ousado, criativo, inovador, perspicaz. Um bom profissional respeita o programa, um excelente abre as janelas da sua mente e ultrapassa suas fronteiras.

Um bom profissional descobre o óbvio, um excelente deixa fluir o raciocínio e descobre o novo. Um bom profissional prefere a segurança dos terrenos conhecidos, um excelente prefere a insegurança de terrenos inexplorados. Se alguém pede para um excelente profissional procurar determinadas informações ele procura conseguir dados além do solicitado.

Se lhe pede para remendar uma rachadura na parede, procura remendar outras rachaduras detectadas. Um bom profissional executa o previsível, um excelente faz o imprevisível. Os princípios de um excelente profissional podem e devem ser trabalhados tanto em um intelecto de um faxineiro de uma empresa como na mente de um executivo que a dirige.

Bons profissionais apagam o fogo, enquanto que excelentes previnem o incêndio. Bons profissionais tratam os sintomas, enquanto que os excelentes previnam as doenças. Bons profissionais tem o raciocínio lógico linear. O que pode dar errado na frente? Bons profissionais obedecem a ordens enquanto excelentes profissionais pensam pela empresa. Bons profissionais vivem o presente enquanto excelentes planejam o futuro.

Bons profissionais pensam que pensam, mas no fundo repetem as ideias, enquanto excelentes constroem-nas. Bons profissionais fazem propagandas das suas obras, enquanto excelentes profissionais esperam que os outros reconheçam.

Bons profissionais valorizam a força do indivíduo, profissionais brilhantes valorizam a força do grupo. Bons profissionais lutam pelo estrelismo, enquanto profissionais excelentes lutam pelo sucesso da equipe. Profissionais excepcionais sabem que trabalhar em equipe sabe que é mais do que estar juntos, é cruzar mentes, sabem que é mais do que se sentar a frente um do outro e emitir opiniões, mas deixar fluir o pensamento, construir uma mesa de ideias, traçar objetivos, definir focos.

Sabe que o poder do elogio é muito mais eficiente do que o poder do medo e das pressões. Quem estava morto?

Os corpos a serem dissecados? Inteligencia Multifocal - Augusto Cury. Resumo do livro O código da inteligência de Augusto Cury. Augusto Cury Inteligencia Multi Focal. Inteligência Multifocal — Augusto Cury. Inteligência Multifocal - Augusto Cury. Inteligência multifocal. Inteligencia Multifocal - Augusto Cury 1.

We Need Your Support. Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services.

PARA MULTIFOCAL BAIXAR INTELIGENCIA LIVRO

We are nonprofit website to share and download documents.